Centro Social comemora Jubileu de Ouro

Centro Social comemora Jubileu de Ouro

Nesta semana foi comemorado o Jubileu de 50 anos de criação do Centro Social da Paróquia Santa Rita de Cássia. A missa em ação de graças foi celebrada no domingo (15/04) com a presença do Monsenhor Miguel. Em seguida uma confraternização foi realizada no salão paroquial, onde ex-presidentes, presidente e colaboradores do centro social foram homenageados.

O Centro Social foi fundado em 16 de abril de 1968 e tem como objetivo atender famílias e indivíduos que residem em bairros periféricos com problemas sociais emergenciais relacionados ao desemprego, saúde, moradia, saneamento básico, relacionamento familiar, alcoolismo, entre outros. A presidente Marta Silveira fala sobre a função do Centro Social, “somos uma entidade sem fins lucrativos que sobrevive apenas da generosidade da população. O objetivo do nosso trabalho é resgatar a dignidade de pessoas em situações de vulnerabilidade social, acolhendo-os e capacitando-os para que possam tornar-se protagonistas da sua própria história”, explica.

Os trabalhos realizados são entrega de cesta básica, doação de roupas e sapatos, pagamento de receitas médicas após avaliação, prestação de atendimento odontológico, oferecimentos de cursos como pintura, crochê, bordado em ponto cruz e patchwork, venda de doces, salgados e artesanatos, bingo beneficente, e atendimento espiritual. “Temos, também, a Colônia Santa Clara que acolhe moradores de rua, a Capela São Martinho de Lima, onde são desenvolvidas oficinas para várias famílias, além dos vários cursos profissionalizantes como: técnicas para serviços domésticos, curso de manicure, curso de corte e costura, gesseiro, grupo para gestantes com bordado e crochê, grupo de idosos, etc”, completa a presidente.

Marta Silveira destaca a importância da colaboração de todas as pessoas envolvidas no Centro Social. “É com muita alegria que comemoramos o aniversário de 50 anos do nosso Centro Social. Sou grata a todos que de alguma forma contribuíram e aos que ainda contribuem com essa obra de amor, que não visa somente o bem dos nossos assistidos mas de toda sociedade que sonha com um mundo melhor”, finaliza.

Fechar Menu